"Muitas histórias são contadas em Faerûn sobre Netheril e aqueles que viviam lá. Muito do real, do crível, se perdeu com as areias do tempo e nas canções contraditórias dos bardos. No entanto, é fato que alguns arqueólogos encontraram no que restou de Netheril um brasão com o desenho de uma rosa dentro de um arco formado por correntes espinhosas e a inscrição "Tamassir" em vários dos objetos ligados a esse brasão. Fazendo uma investigação mais profunda, você descobrirá que tal família existiu de verdade, mas nem sempre as fontes serão realmente confiáveis. Elfos mais jovens escutam falar sobre os Tamassir, mas acham que é uma mera lenda, os mais velhos escutam o nome e costumam se calar, pois os mesmos lembram e não gostam de falar de Netheril e de como os humanos viraram as costas tão facilmente a eles depois que os pergaminhos de Nether apareceram. Enfim, a verdade é que mesmo envolto em mistérios e más explicações, a existência de tal família é real, ainda que não esteja documentada em nenhuma fonte ou sustentada por qualquer falante. Os bardos, no entanto, costumam cantar um épico sobre uma jovem e o cavaleiro que a protegia. Esta jovem fazia parte de uma casa onde nas paredes estava o símbolo da rosa e das correntes com espinhos."

Mensagem de Leo Desenho de Pedra a Ludwig Hari. Anos antes da queda de Myth Drannor

This entry was posted on 5.14.2014 at 06:09 and is filed under , , , . You can follow any responses to this entry through the comments feed .

0 comentários

Postar um comentário