Tomo de Arquivos III - 12.736 AC - Biblioteca de Encontro Eterno: Reunião de Família

Mansão Tamassir
Uma das poucas certezas que qualquer investigador tem sobre o décimo sexto dia após o início do inverno de -3834 CV é que a família Tamassir estava novamente toda reunida. Na grande casa, liderada dessa vez por Ruben, encontravam-se, além deste, sua mulher Sarah e seus dois filhos, os gêmeos Samuel e Saul, e Roger, o qual chegara pela manhã e brincava com seus sobrinhos, quando Elba chegou acompanhada de um menino de olhar vivaz, Elrin Eagleeye. Os dois irmãos recém-chegados pareciam distantes da realidade da família, Elba agora se assemelhava mais a um elfo que a um humano, mas quando ela abriu seu sorriso, todos sabiam de quem se tratava. Marcava sol-alto quando Mel apareceu e era visível seu incômodo por entrar em local tão urbanizado como Netheril naqueles tempos, mas ela estava em casa e o carinho dos seus a fizeram esquecer por alguns instantes a saudade das terras selvagens e livres. O sol já mudava sua cor amarelada para o tom alaranjado, e logo chegaria à púrpura, quando uma algazarra chamou a atenção de todos os que estavam na casa. Era Arliene acompanhada de três pequenos palhaços, que se descobriu depois serem seus filhos – quanto à legitimidade dessas crianças, nada se sabe com certeza, mas em tempo algum qualquer um dos meninos, mesmo depois de adultos, negaram que Arliene fosse sua mãe natural –, o forte Earthvoice de cor de pele escura, a delicada e esperta meio-elfo, Windsong, e o arredio, mas incrivelmente hábil, Bluefire.

No dia anterior chegou à casa da família Tamassir uma senhora bem velha de voz pacífica e olhar forte, a mãe que antes disso trocara as idas e vindas da cidade grande pela calmaria do campo, Arian. Junto dela estavam seu atual marido, um agricultor de riso bonachão, Eujorn Belarn e os dois filhos dele antes desse casamento, o franzino Elmedech, e o guerreiro que parecia ter viajado muito para chegar até ali, Abrahan.

Abrahan Belarn.
Ao que se sabe, esta reunião era para comemorar o aniversário de Arian, mas nada é concluso sobre isso. O fato é que novamente a família estava toda reunida e a noite já avançava com a festa – Ruben decidiu não esperar pela irmã que faltava e deu início às festividades, mesmo sem o consentimento de sua mãe – quando de uma carruagem, acompanhada por dois guarda-costas, surge Erly. Diferente do que todos imaginavam, a clériga da família não veio comemorar, mas se despedir, pois logo pela manhã ela começaria uma jornada de onde ela poderia não voltar. Preocupado, Ruben chamou a irmã para conversar e depois de muita discussão, conseguiu retirar dela o propósito de sua jornada: localizar e resgatar uma peça imbuída de magia e seu mensageiro e resguardá-los até que os responsáveis pelos dois pudessem aparecer. Vendo o perigo da situação e contra todos os gritos e ordens de Erly, Ruben convocou uma reunião emergencial dos irmãos. Não se sabe como realmente se resolveu tudo isso ou como a comitiva que partiu na manhã seguinte se organizara, só se sabe que, liderados pelo caçula, Roger, Erly, Mel, Arliene e, estranhamente, Abrahan começaram uma viagem que mudaria completamente suas vidas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Regras da Casa - Estilo de Trovadores da Espada

Tesouros Antigos da História Seldarine